Portal do Governo Brasileiro

OK

16/10/2012
Investigação da CGU aponta desvio de R$ 24 milhões em Rondônia

Análises realizadas pela Controladoria-Geral da União (CGU), baseadas em documentos e materiais apreendidos no âmbito da Operação Termópilas deflagrada em novembro de 2011, confirmaram desvios de R$ 24 milhões da Administração Pública do Estado de Rondônia, sendo R$ 23 milhões das contas da Secretaria de Saúde do Estado. As análises demonstraram ainda que houve superdimensionamento dos contratos de limpeza e de manutenção realizados pela quadrilha. O resultado do trabalho feito pela CGU em um ano de operação foi anunciado em entrevista coletiva nesta terça-feira (16/10).

Realizada conjuntamente com o Ministério Público de Rondônia (MP/RO) e Polícia a Federal (PF), a Operação, da qual participaram 19 servidores da CGU, investigou organização criminosa, que fraudava licitações e contratos no Governo de Rondônia. A ação resultou na prisão preventiva do então presidente da Assembleia-Legislativa, Valter Araujo. Solto após impetração de habeas corpus, ele passou a ser considerado foragido da Justiça desde 21 de dezembro de 2011 e teve seu mandato cassado por quebra de decoro parlamentar em 23 maio de 2012.

 

Assessoria de Comunicação Social
Controladoria-Geral da União

voltar para o menu acessível